destaques
Diminui o tamanho do texto Aumenta o tamanho do texto

Café: Mercado futuro encerra sessão com alta de até 125 pts em NY

Após iniciar a quinta-feira (7) com operações técnicas na Bolsa de Nova York (ICE Future US), a sessão encerrou o dia com altas de até 125 pontos. A última sessão, na quarta-feira (6), havia encerrado as cotações com altas expressivas, de mais de 200 pontos, após novas estimativas da Organização Internacional do Café (OIC).

O contrato com vencimento em dezembro/19 teve alta de 110 pontos e foi negociado a 110 cents/lpb, março/20 teve alta de 105 pontos, por 112,60 cents/lpb. Maio/20 registrou aumento de 115 pontos, sendo cotado a 114,95 cents/lpb e julho/20 teve a maior alta, com 125 pontos e valor estabelecido em 117,15 cents/lpb.

O site internacional Barchat, destacou que os preços do café já haviam ficado em alta na véspera depois que a Organização Internacional do Café, afirmou na terça-feira (5), estimou um déficit global para a safra de 2019/20.

"Um ponto negativo para o café arábica é o aumento da oferta da Colômbia, o segundo maior produtor mundial de café arábica, depois que os dados de terça-feira da Federação Nacional dos Produtores de Café mostraram que as exportações de café da Colômbia em outubro aumentaram 15% de um ano para o outro para 1,211 milhão de sacas/ano", também informou o Barchat.

O dólar encerrou as cotações do dia com alta de 0,29% e R$ 4,093 no valor para a venda. O dólar mais valorizado tende a incentivar as exportações, mas pesa sobre os futuros na ICE. O Brasil é o maior produtor e exportador de café do mundo.

Mercado Interno

No Brasil, o mercado interno acompanhou a Bolsa de Nova York e também registrou algumas variações.

O tipo 6 duro teve a maior variação registrada em Araguarí/MG, com elevação de 5,62% e preço estabelecido a R$ 470,00. Já o maior preço de negociação foi registrado em Patrocínio/MG, por R$ 480,00 e alta de 2,13%. Guaxupé/MG teve alta de 1,29% e preço estabelecido em R$ 471,00.

O tipo cereja descascado teve a maior variação registrada em Patrocínio/MG, com alta de 2,91% e valor de R$ 530,00. Em Guaxupé/MG o valor foi estabelecido por R$ 515,00, com elevação de 0,78%. Poços de Caldas/MG teve aumento de 1,01% e preço por R$ 500,00.

O tipo 4/5 teve aumento em todas as praças. A maior alta foi registrada em Varginha/MG com elevação de 2,15% e valor negociado por R$ 475,00. Em Guaxupé/MG a alta foi de 0,66 e valor estabelecido por R$ 458,00. Franca/SP teve aumento de 1,04% e preço estabelecido em R$ 485,00. 

Fonte: Notícias Agrícolas

destaques
destaques
Bolsa Índice  
Bovespa  +0,078% 14/11
Dow Jones -0,26% 14/11
Nasdaq -0,35% 14/11
Merval
(Argentina)
-2,72% 14/11
Shanghai
(China)
+0,16% 14/11
DAX 30
(Alemanha)
-0,38% 14/11
Moeda Cotação  
Dolar 4,19 14/11
Euro 4,62 14/11
Risco País (CDS) Data
Brasil 120.8 14/11

 

Acesse nossas redes sociais

O Mailclipping Comex é um newsletter que se restringe à coleta e divulgação de notícias sobre comércio exterior. O conteúdo das notícias é de inteira responsabilidade de seus autores. O Mailclipping Comex não se responsabiliza e nem pode ser responsabilizado pelas informações acima ou por prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso dessas informações. Se estiver interessado no recebimento das nossas informações cadastre-se aqui. Para enviar críticas, sugestões, releases, contatos comerciais, comentários sobre o serviço ou mesmo exclusão, clique aqui.
©2017 Mailclipping ComEx. Todos os direitos reservados. imprensa@sfiec.org.br