Oportunidades com os EUA foi tema de seminário na FIEC

04/12/2015 - 15h12

O Centro Internacional de Negócios, da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), realizou no dia 03/12, às 8h30, em parceria com o Serviço Comercial dos Estados Unidos e a AMCHAM Brasil, seminário com o tema “Fazendo Negócios com os EUA”.

Durante o evento, foramabordados os seguintes assuntos: a importância do conhecimento de mercado para a elaboração de estratégia de internacionalização dos EUA, com a coordenadora regional do AMCHAM Recife, Renata Ramalho Accioly, e as oportunidades de negócios com os EUA, com o cônsul comercial dos EUA para a região Nordeste, Eric Olson.


Cônsul comercial dos EUA para a região Nordeste, Eric Olson

Estados Unidos X Ceará X Brasil

Os Estados Unidos são um importante parceiro comercial do Brasil e do Ceará. Em 2014, a balança comercial entre os dois países foi negativa, contabilizando US$ 27 bilhões exportados contra US$ 35 bilhões importados. Os principais setores exportadores do Brasil para os EUA são combustíveis óleos minerais e destilados; ferro fundido, ferro e aço; máquinas e aparelhos mecânicos; aeronaves e suas partes; café, chá, mate e especiarias; pastas de celulose; papel para reciclar; obras de pedra, gesso, cimento e amianto; produtos químicos orgânicos; madeira, carvão vegetal e obras de madeira; máquinas, aparelhos e materiais elétricos.

Já os setores que o Brasil mais importa dos Estados Unidos são combustíveis óleos minerais e destilados; máquinas e aparelhos mecânicos; máquinas, aparelhos e materiais elétricos; produtos químicos orgânicos; aparelhos óticos, cine-foto e médico-cirúrgico; plásticos e suas obras; produtos diversos das indústrias químicas; produtos farmacêuticos; veículos terrestres e suas partes; aeronaves e suas partes.


Público presente

A relação comercial entre os Estados Unidos e o Ceará acumulou em 2014 um saldo negativo de 96,81%, com US$ 229 milhões exportados do Ceará para o país norte-americano contra US$ 325,8 milhões importados dos EUA pelo Ceará. Os principais produtos da pauta de exportação do Ceará para os EUA em 2014 foram calçados; peixes, crustáceos e moluscos; frutas; preparações de produtos hortícolas; gorduras e óleos veg/anim.; cera de carnaúba; peles, exceto as peles com pelo, e couros; preparações alimentícias diversas; obras de pedra, gesso, cimento e amianto; leite e lacticínios; ovos de aves; mel; plantas vivas e produtos de floricultura. Já os produtos que o Ceará mais importou dos EUA no ano passado foram cerais (farinha de trigo); combustíveis e óleos minerais; máquinas, aparelhos e materiais elétricos; aeronaves e suas partes; algodão; máquinas e aparelhos mecânicos; plásticos e suas obras; produtos químicos orgânicos; vidro e suas obras; instrumentos e aparelhos de ótica.

Fonte: FIEC/Gecom

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

CIN - Centro Internacional de Negócios | CNPJ: 07.264.385/0001-43
Av. Barão de Studart, 1980 - Anexo Térreo - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024