Relações comerciais do Ceará com o mundo são os temas na coluna de Karina Frota no Jornal O Povo; leia

23/01/2023 - 09h01

As relações comerciais do Ceará com o mundo são os temas da coluna da Gerente do Centro Internacional de Negócios (CIN), da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), Karina Frota, no Jornal O Povo. Semanalmente, ela publica textos sobre comércio exterior e suas vertentes no periódico.

Leia o texto completo:

O Estado do Ceará encerrou o ano de 2022 com aumento de 26,8% nas importações e queda de 14,6% nas exportações, quando comparados com o resultado de 2021. Em 2022, as exportações do Ceará registraram US$ 2,3 bilhões, o que representa 14,6% a menos do que no ano anterior (US$ 2,7 bilhões). Por esta razão, no ranking de exportação das unidades federativas, o Ceará ficou na 17ª posição.

A redução nas exportações foi impactada pela queda de aproximadamente 22% das exportações do município de São Gonçalo do Amarante, cujas vendas representam mais da metade de tudo o que é comercializado pelo Ceará para o mundo. Além de São Gonçalo, Fortaleza, Maracanaú, Sobral e Icapuí completam o topo dos municípios com maior participação de exportação.

Ferro e aço, calçados e combustíveis foram os setores mais bem colocados nas vendas para outros países. Os principais parceiros comerciais do Ceará em exportações foram Estados Unidos, México, Espanha, Itália e Argentina, com maior utilização do modal marítimo.

Nas importações, o Ceará bateu recorde. O valor de US$ 4,9 bilhões importado pelo Estado é 26,8% superior ao ano anterior (2021).

Ranking nacional

No ranking de unidades federativas, o Ceará foi o 14º estado do País que mais importou de outras nações. O principal município importador foi Fortaleza que, sozinha, correspondeu a 36% do total adquirido pelo estado inteiro no exterior em 2022. Recebem destaque também os municípios de São Gonçalo do Amarante, Maracanaú, Caucaia e Aquiraz.

Dos setores de maior relevância na pauta da importação, aparecem os combustíveis, os produtos químicos orgânicos e as máquinas. Estados Unidos, China, Argentina, Emirados Árabes Unidos e Índia são os principais países que venderam produtos em 2022.

O Centro Internacional de Negócios da FIEC analisa mensalmente o Comércio Exterior através do “Ceará em Comex”.

Acesse a coluna no Portal O Povo+ clicando AQUI

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

CIN - Centro Internacional de Negócios | CNPJ: 07.264.385/0001-43
Av. Barão de Studart, 1980 - Anexo Térreo - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024
Política de Privacidade & Copyright