Cascavel registra forte retração no comércio exterior no primeiro semestre de 2019

19/09/2019 - 12h09

De janeiro a julho de 2019, o município de Cascavel exportou um volume de US$ 9,17 milhões, posicionando-se no 13° lugar no ranking dos municípios exportadores. As exportações caíram mais de 53% se compararmos com o primeiro semestre do ano anterior. As importações também tiveram baixa em relação ao mesmo período em 2018. As aquisições no exterior, que totalizam US$ 1,8 milhões, somado ao resultado dos envios resulta em um saldo comercial superavitário no valor de US$ 7,4 milhões.

Nesse período, couro bovino foi o principal produto exportado pelo município, em especial o couro curtido ou após secagem, que representou US$ 7,6 milhões. Entretanto houve uma queda de mais de 58% da venda do produto no exterior. Já as exportações de mel, que tiveram um aumento de 36,4%, representaram US$ 1,022 milhões. A Alemanha é a principal parceira comercial de Cascavel. As exportações para o país cresceram mais de 267% e totalizaram US$ 2,9 milhões. Em seguida, as vendas para os Estados Unidos foram de US$ 2,3 milhões, com uma queda de 22%. Já a exportação para o Vietnã mais que dobrou, totalizando US$ 1,0 milhão.

As importações do município alavancaram, em virtude da compra de teares, que correspondeu a US$ 455 mil. Em seguida, matérias corantes orgânicas sintéticas registraram um aumento de 21,1%, o único a apresentar um desempenho positivo entre os subsetores observados, resultando em US$ 292,1 mil. Esses e outros produtos tiveram como principal origem a Alemanha. As exportações do país europeu para o município decresceram 38,5%, ao importarem USS$ 605,4 mil. A Índia, por sua vez, mostrou-se como o único entre os países observados que registrou um crescimento nos envios ao município, exportando US$ 197 mil, para crescer 77,2% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Confira o estudo completo AQUI

Saiba mais

O Centro Internacional de Negócios da FIEC auxilia as empresas na inserção no mercado internacional, promovendo a cultura exportadora no Estado do Ceará. O CIN faz parte da Federação das Indústrias do Estado do Ceará - FIEC, que junto com Serviço Social da Indústria - SESI Ceará, Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial - SENAI Ceará e Instituto Euvaldo Lodi - IEL Ceará formam o Sistema FIEC.

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

  • CENTRO INTERNACIONAL DE NEGÓCIOS: Facebook
CIN - Centro Internacional de Negócios | CNPJ: 07.264.385/0001-43
Av. Barão de Studart, 1980 - 2ª andar - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024