Exportando mel, Crato obtém superávit no primeiro bimestre do ano

12/04/2019 - 10h04

A cidade do Crato exportou, no primeiro bimestre de 2019, US$ 305,5 mil. O valor já é 26,7% maior que o que foi exportado no mesmo período do ano anterior. As importações totalizaram US$ 54,8 mil, gerando um saldo comercial superavitário de US$ 250,7 mil. Os dados são de estudo realizado pelo Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC).

O principal item exportado no período é o mel natural, que totaliza US$ 283,9 mil. O mel destina-se, sobretudo aos Estados Unidos e Alemanha, com US$ 176,8 mil e 55,2 mil, respectivamente. O mercado norte-americano aumentou seu consumo em mais de 60% no intervalo observado.

Quanto às aquisições oriundas do mercado exterior, o principal grupo importado é o de máquinas para trabalhar plástico e borracha. O maquinário é oriundo da China e soma US$ 48,5 mil. Logo em seguida, estão as bombas e compressores, provenientes do mercado alemão, totalizando US$ 6,4 mil.

O PIB do município do Crato é o 9º maior do Estado, com R$ 1,3 bilhão, sendo mais de 80% abarcado pelo setor de serviços e 13% pela indústria.

Confira o estudo completo AQUI.

Saiba mais

O Centro Internacional de Negócios da FIEC apoia a internacionalização das empresas cearenses e promove ações estratégicas, de capacitação e relações institucionais, com o objetivo de impulsionar as exportações e importações da indústria do Ceará. Faz parte da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), que junto com Serviço Social da Indústria (SESI Ceará), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI Ceará), Instituto Euvaldo Lodi (IEL Ceará) e o Observatório da Indústria formam o Sistema FIEC.

 

 

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

  • CENTRO INTERNACIONAL DE NEGÓCIOS: Facebook
CIN - Centro Internacional de Negócios | CNPJ: 07.264.385/0001-43
Av. Barão de Studart, 1980 - 3ª andar - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024