Caucaia é líder no Brasil em exportações de pás e geradores eólicos

11/04/2019 - 11h04

No primeiro bimestre de 2019, Caucaia exportou US$ 31,2 milhões tornando-se agora o terceiro município que mais exporta no Ceará. O montante, que cresceu 324,4% em relação a 2018, é o segundo que mais cresceu entre os 20 maiores exportadores do Estado. O município detém o quarto maior valor em importações, que corresponde a US$ 35,7 milhões e representa 10% do total importado pelo Estado. O saldo comercial apresentou um déficit de US$ 4,5 milhões e cresceu mais de 83% em relação ao ano anterior. Os dados são de estudo realizado pelo Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC).

O subgrupo que engloba as pás e geradores de energia eólica lidera as exportações da cidade no acumulado de 2019, com US$ 28 milhões, o que representa um crescimento de 502,2% se compararmos com o valor exportado no primeiro bimestre de 2018. Vale lembrar que Caucaia é lider nacional em exportações de itens do grupo das pás. Em seguida, as pedras de cantaria e construção totalizam US$ 2,03 milhões, décimo maior valor do país. Na terceira posição, está o grupo que mais cresceu, com aumento de 238,5%, o das ceras vegetais que totalizaram 1,05 milhão.

As exportações de Caucaia são bastante concentradas. Os cinco países que mais compram do município correspondem a 98% do total exportado. O principal destino das vendas externas da cidade são os Estados Unidos, que detiveram US$ 24,3 milhões no período, seguido da Alemanha, com US$ 5,3 milhões. O mercado alemão aumentou seu consumo em mais de 190 vezes no período analisado.

Os laminados metálicos são a principal pauta importadora. Os produtos siderúrgicos totalizam US$ 13,5 milhões e compõem 38% do total. Em 2° posição, os poliacetais somam US$ 3,8 milhões, tendo crescido 80,7%. As maiores origens das aquisições são China e Estados Unidos, com US$ 10,5 milhões e US$ 7,36 milhões, respectivamente. O mercado nipônico chama atenção, uma vez que o Japão saltou de apenas 104 dólares na série janeiro-fevereiro de 2018, para US$ 1,58 milhões na mesma série em 2019.

Segundo o IBGE, o setor de serviços de Caucaia engloba 67% do PIB do município que chegou, em 2015, a R$ 5,7 bilhões. A Indústria corresponde a 31% desse total, tendo como principais setores os de rochas ornamentais, ceras de carnaúba e de partes de motores e máquinas.

Confira o estudo completo AQUI.

Saiba mais

O Centro Internacional de Negócios da FIEC apoia a internacionalização das empresas cearenses e promove ações estratégicas, de capacitação e relações institucionais, com o objetivo de impulsionar as exportações e importações da indústria do Ceará. Faz parte da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), que junto com Serviço Social da Indústria (SESI Ceará), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI Ceará), Instituto Euvaldo Lodi (IEL Ceará) e o Observatório da Indústria formam o Sistema FIEC.

 

 

Acompanhe o Sistema FIEC nas redes sociais:

  • CENTRO INTERNACIONAL DE NEGÓCIOS: Facebook
CIN - Centro Internacional de Negócios | CNPJ: 07.264.385/0001-43
Av. Barão de Studart, 1980 - 3ª andar - Aldeota - Fortaleza/CE - CEP: 60.120-024