FIEC recebe comitiva de empresários da Noruega para estreitamento de relações com foco na produção do hidrogênio verde

Diminui o tamanho do texto Aumenta o tamanho do texto

A Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC) recebeu, nesta quarta-feira (23/11), uma comitiva de empresários da Noruega no âmbito do programa Innovation Norway, que busca estreitar relações com países tendo em vista a produção de energia limpa e renovável.

O encontro empresarial foi realizado no Auditório Luiz Esteves Neto, na Casa da Indústria, cuja recepção foi comandada pelo 1º Vice-Presidente da FIEC, Carlos Prado, representando o Presidente da Federação, Ricardo Cavalcante. Além dele, estiveram representando a instituição a Vice-Presidente da entidade e Secretária Executiva da Indústria do Governo do Ceará, Roseane Medeiros; o Diretor de Inovação e Tecnologia e Líder do Observatório da Indústria, Sampaio Filho; o Superintendente de Relações Institucionais, Sérgio Lopes; o Ex-Presidente da FIEC, Fernando Cirino; a Gerente do Centro Internacional de Negócios, Karina Frota; o Presidente do Sindienergia, Luiz Carlos Queiroz; e o Vice-Presidente do Sindquímica, Alberto Monteiro Chaves.

Representando a comitivia norueguesa estiveram o Cônsul para Assuntos Comerciais da Embaixada da Noruega no Brasil, Hâkon Ward; a 1ª Secretária  Responsável por Assuntos de Energia da Embaixada da Noruega, Tonje Sodal; o Project Manager da Innovation Norway,  Bruno Leinio; bem como representantes das empresas Aker Horizons, DNV, Hydro Havrand, NEL Hydrogen, Rystad Energy, Scatec, Statkraft, Technipfmc e Yara.

O 1ª Vice-Presidente da FIEC, Carlos Prado, deu as boas-vindas à comitiva e afirmou que o Ceará é um "paraíso" para geração de energia renovável. "A FIEC estará sempre pronta para auxiliar no que for possível, utilizando sua capacidade de treinamento de mão de obra, principalmente através do SENAI, do SESI e do IEL, ajudando a transferir a tecnologia e o know-how que os senhores possuem, pronta também a dar todo o apoio necessário para facilitar o relacionamento com os órgãos públicos", disse.

O Cônsul para Assuntos Comerciais da Embaixada da Noruega no Brasil, Hâkon Ward, ressaltou que há interesse das empresas norueguesas em fazer parcerias com o Ceará no intuito de fortalecer a produção de energia limpa e renovável no contexto do programa Innovation Norway. Por isso, a proposta é de novos diálogos para implementação de projetos, uma vez que o País é um dos focos de diversas multinacionais norueguesas.

A Secretária Executiva da Indústria do Governo do Ceará, Roseane Medeiros, apresentou as potencialidades do Estado no âmbito da indústria, citando a estruturação do HUB do hidrogênio verde no Complexo do Pecém, bem como a construção do HUB de fertilizantes, em Santa Quitéria, e da instalação da usina de dessalinização da água do mar no Ceará.

Em seguida, a Coordenadora Técnica de Inteligência Competitiva do Observatório da Indústria, Laís Veloso, demonstrou as atividades realizadas pela entidade como soluções tecnológicas para empresas e órgãos públicos, citando projetos desenvolvidos internamente. O Coordenador do Núcleo de Energia da FIEC, Joaquim Rolim, também fez uma palestra demonstrando o potencial eólico e solar do Estado; ele pontuou a capacidade complementar da produção de energias renováveis no Ceará, a localização geográfica e também citou a possibilidade de parcerias previstas tendo em vista a joint venture entre Porto do Pecém e Porto de Roterdã, na Holanda.

O Consultor de Energia da Federação, Jurandir Picanço, também fez uma breve explanação e ressaltou que "a FIEC está sempre aberta para receber e trocar informações, fazer networking entre empresas globais de tal forma que o nosso objetivo é apoiar investidores que tenham interesse em trabalhar nessa área", completou. Em seguida, foi a vez da Consultora Internacional para o Hidrogênio Verde da Federação, Mônica Saraiva Panik, fazer uma explanação sobre a capacidade do Brasil como player global da nova matriz energética.

Após as apresentações locais, representantes de nove empresas norueguesas apresentaram seus portfólios e as perspectivas de negócios a serem firmados no Ceará. Em formato pitch, com 5 minutos de apresentação, executivos das empresas Aker Horizons, DNV, Hydro Havrand, NEL Hydrogen, Rystad Energy, Scatec, Statkraft, Technipfmc e Yara mostraram potencialidades e oportunidades de parcerias que estão sendo buscadas no Brasil.

Para finalizar o evento, os presidentes do Sindienergia, Luiz Carlos Queiroz; Simec, Sampaio Filho; e o Vice-Presidente do Sinquímica, Alberto Monteiro Chaves, explicaram como os sindicatos patronais atuam na Federação e em que áreas específicas há a intenção de fortalecer relacionamentos com as empresas da Noruega.

Como palavra final, a Vice-Presidente da FIEC, Roseane Medeiros, afirmou que "há uma conexão muito grande entre governo e Federação das Indústrias, isso é muito importante porque governos passam, mas o setor produtivo permanece. Então gostaria de mais uma vez agradecer, vocês estão no lugar certo e tenho a certeza de que novos negócios vão surgir a partir dessa vinda", explanou.

Fonte: FIEC onLine

 

Edições Anteriores
Cotações
Moeda Cotação  Data 
Dolar  5,31 25/11
Euro 5,51 25/11
 
Risco País (CDS) Data 
Brasil  263.19 25/11

 

O Mailclipping Comex é um newsletter que se restringe à coleta e divulgação de notícias sobre comércio exterior. O conteúdo das notícias é de inteira responsabilidade de seus autores. O Mailclipping Comex não se responsabiliza e nem pode ser responsabilizado pelas informações acima ou por prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso dessas informações. Se estiver interessado no recebimento das nossas informações cadastre-se aqui. Para enviar críticas, sugestões, releases, contatos comerciais, comentários sobre o serviço ou mesmo exclusão, clique aqui.
Siga-nos nas redes sociais
©2022 Mailclipping ComEx. Todos os direitos reservados. imprensa@sfiec.org.br