destaques
Diminui o tamanho do texto Aumenta o tamanho do texto

Movimentação de contêiners entre portos brasileiros cresce 56% no Porto do Pecém

O Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP) registrou alta de 56% na movimentação de contêineres entre portos brasileiros no primeiro semestre de 2019 na comparação com o mesmo período do ano passado.

O crescimento desta movimentação - intitulada de cabotagem - foi puxado pelo aumento da demanda de diferentes tipos de cargas, que vão desde frutas até material de limpeza. São mercadorias que embarcam e desembarcam, comprovando a localização estratégica do Porto do Pecém.

Para esse tipo de movimentação, o terminal cearense conta com dois guindastes do tipo “Ship to Shore” (STS), que permitem que a operação de contêineres seja feita de modo mais eficaz. “Os guindastes têm uma produtividade média de 65 movimentos por hora, tornando nossas operações mais rápidas e, consequentemente, tornando o Porto do Pecém mais atrativo para os clientes que buscam eficiência e qualidade nas operações”, afirma Danilo Serpa, O CEO do CIPP.

Alta nos embarques

O embarque geral de cargas através do Porto do Pecém foi destaque com 15% de aumento quando comparado aos seis primeiros meses de 2018. As principais cargas que saíram pelo Pecém foram placas de aço, pás eólicas, suco de frutas, frutas frescas, sal, cereais e farinha de trigo.

A movimentação do porto cearense no primeiro semestre do ano somou 8,7 milhões de toneladas movimentadas, um total de 2% de crescimento. Os granéis sólidos, com ênfase no minério de ferro e carvão mineral, que são matéria-prima para a siderúrgica e térmicas, mantém a posição de carga mais relevante representando 54% da movimentação total acumulada, seguidos da carga conteinerizada, com 23%, carga geral solta (20%), e granel líquido (3%).

"Esperamos finalizar este ano com um aumento de cerca de 10% na movimentação total quando comparado a 2018. Observamos o crescimento desde o início do ano e o segundo semestre não será diferente. Estamos buscando novas cargas, prospectando novas linhas de navegação e clientes. A safra de frutas começa agora em agosto, então com certeza, a meta será alcançada”, afirma Serpa.

destaques
destaques
Bolsa Índice Data
Bovespa +0,17% 22/07
Dow Jones 0,00% 19/07
Nasdaq

-0,74%

19/07
Merval
(Argentina)
-1,45% 19/07
Shanghai
(China)

-1,27%

22/07
DAX 30
(Alemanha)
+0,48% 22/07
Moeda Cotação Data
Dólar 3,74 22/07
Euro 4,20 22/07
Risco País (EMBI) Data
Brasil 220 pts 19/07

 

Acesse nossas redes sociais

O Mailclipping Comex é um newsletter que se restringe à coleta e divulgação de notícias sobre comércio exterior. O conteúdo das notícias é de inteira responsabilidade de seus autores. O Mailclipping Comex não se responsabiliza e nem pode ser responsabilizado pelas informações acima ou por prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso dessas informações. Se estiver interessado no recebimento das nossas informações cadastre-se aqui. Para enviar críticas, sugestões, releases, contatos comerciais, comentários sobre o serviço ou mesmo exclusão, clique aqui.
©2017 Mailclipping ComEx. Todos os direitos reservados. imprensa@sfiec.org.br