destaques
Diminui o tamanho do texto Aumenta o tamanho do texto

Grife de shorts vai abrir loja na Arábia Saudita

A grife brasileira Shorts Co., especializada em shorts masculinos, vai abrir uma loja na Arábia Saudita. A empresa fez parceria com um distribuidor saudita, que será o responsável pela abertura da franquia e fará ainda a comercialização das peças para lojas multimarcas nos países árabes do Oriente Médio. A expectativa do CEO da Shorts Co., Michel Lassner (foto acima à esquerda), é que a unidade seja aberta no segundo semestre deste ano. Ele pontua, porém, que estão sendo aguardadas emissões de certificações e registros para essa definição.

O distribuidor saudita fez um pedido de 3.500 peças, que deverá ser o pontapé da entrada da marca no mercado árabe. Lassner acredita no potencial que sua grife tem no mercado saudita em função das temperaturas elevadas no verão local, e do fato de que os homens já usam esse tipo de shorts e as mulheres utilizam peças de moda praia em lugares reservados ou embaixo das vestes islâmicas. Segundo ele, as peças chegarão por lá a preços competitivos.

A Shorts Co. comercializa a linha balneário sofisticada completa, com peças para homens, mulheres e crianças. São tanto roupas para o banho de mar ou piscina em si, como biquínis, sungas, maiôs e os próprios shorts, como peças complementares para esses ambientes, como saídas de praia, camisetas, camisas, jaquetas, polos, malhas e calçados. A proposta da marca é que além de serem usados no banho de mar ou piscina, os shorts masculinos componham looks com camisas de linho ou polos, por exemplo, nos pós praia.

O contato com o distribuidor saudita deu por meio do representante da empresa brasileira na Alemanha. Lassner conta que depois de um tempo de relacionamento com esse representante e de estabelecida a confiança, ele apresentou a Shorts Co. para o saudita, que distribui marcas internacionais nos países árabes do Oriente Médio. Ele foi convidado pela empresa brasileira para viajar ao Brasil e conhecer de perto as operações da marca e então foi feito o acordo.

Para o mercado saudita, a grife brasileira enviará as peças da coleção como são comercializadas nos demais mercados, sem adaptação. Mas não serão exportados os shorts com estampas de bebidas ou de corpos. A campanha da coleção, porém, será adaptada.

A empresa tem presença no mercado internacional há quatro anos e entrou na exportação a partir de contatos feitos em feiras no exterior, nas quais a Shorts Co. começou a participar com o apoio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e da Associação Brasileira de Estilistas (Abest). Já foram feitos embarques para mais de 20 países e os maiores mercados no exterior atualmente são Estados Unidos, Caribe e Europa. A Shorts Co. participa atualmente em quatro feiras no exterior, nos EUA, França e Alemanha.

Quando a marca foi concebida, em 2013, os fundadores já sabiam que o produto teria apelo no exterior também. A modelagem dos shorts da Shorts Co. é de padrão internacional e o nome da marca foi pensado levando em conta a exportação, de acordo com o CEO Lassner.

Foi em uma viagem internacional, aliás, que o empresário teve a ideia de criar a grife. Ele estava na França quando, observando os shorts comercializados localmente, se deu conta de que apesar do Brasil ser um país tropical, não havia marcas especializadas no produto. Engenheiro de produção, Lassner chamou um colega também engenheiro de produção, Alexandre Reitzfeld (foto acima à direita), para abrir a Shorts Co. e eles começaram o negócio.

Atualmente a Shorts Co. tem oito lojas, cinco em São Paulo, uma no Rio de Janeiro, uma no Recife e uma em Salvador, esta última uma franquia. A unidade que fica na rua Oscar Freire, uma das principais ruas de comércio de produtos de luxo na capital paulista, é a loja vitrine da marca. A produção da grife é terceirizada, mas as criações das peças são todas feitas por uma equipe interna de estilo, que, inclusive, desenvolve a estamparia. Além das lojas próprias, no Brasil a marca também é vendida em mais de cem pontos multimarcas.

Fonte: ANBA

destaques
destaques
Bolsa Índice Data
Bovespa -0,48%

23/05

Dow Jones -1,11%

23/05

Nasdaq -1,58% 23/05
Merval
(Argentina)
-0,58%

23/05

Shanghai
(China)
+0,017% 24/05
DAX 30
(Alemanha)

+0,85%

24/05
Moeda Cotação Data
Dólar 4,04 24/05
Euro 4,52 24/05
Risco País (EMBI) 5Data
Brasil 257 pts

21/05

Acesse nossas redes sociais

O Mailclipping Comex é um newsletter que se restringe à coleta e divulgação de notícias sobre comércio exterior. O conteúdo das notícias é de inteira responsabilidade de seus autores. O Mailclipping Comex não se responsabiliza e nem pode ser responsabilizado pelas informações acima ou por prejuízos de qualquer natureza em decorrência do uso dessas informações. Se estiver interessado no recebimento das nossas informações cadastre-se aqui. Para enviar críticas, sugestões, releases, contatos comerciais, comentários sobre o serviço ou mesmo exclusão, clique aqui.
©2017 Mailclipping ComEx. Todos os direitos reservados. imprensa@sfiec.org.br